União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas

Reforma moral

Wellington Balbo 

Fala-se em reforma política, tributária, trabalhista, sindical...

Todavia, há uma reforma que deve urgentemente ser feita, e que sem ela, jamais colocaremos nosso país no eixo do crescimento econômico.

É ela a Reforma Moral.

Dirão os especialistas no assunto que este é um raciocínio simplista, sem qualquer base científica.

Porém, se mergulharmos fundo nessa questão, veremos que por trás de todos problemas que enfrentamos, há o agente causador chamado egoísmo, e que só será extirpado com a Reforma Moral.

O egoísmo que frutifica a prepotência nos mais altos escalões de nosso governo, é o mesmo egoísmo que existe nas mais diversas classes sociais de nosso país.

A corrupção que corrompe nossos homens públicos, é a mesma corrupção que há quando se pensa em tirar vantagem em ombro alheio, vendendo uma mercadoria ou serviço com preço acima do que deveria ser praticado.

É a famosa Lei de Gerson, onde promulga-se que o mundo é dos espertos.

E entenda-se como esperteza o fato de lesar alguém.

E essa lei de Gerson se materializa das mais diversas formas:

O empresário que lesa o colaborador.

O colaborador que não colabora com o empresário.

O vendedor que engana o consumidor ao endeusar o produto de péssima qualidade apenas para obter seu intento de vender.

O religioso que promete o passaporte para o céu quando o fiel faz doações materiais.

Queiramos ou não, a prática de tirar vantagem em toda circunstância, abala as estruturas de nossa ainda frágil economia.

Diminui o poder de compra.

Inflaciona os produtos e serviços.

Lesa o consumidor.

Desacredita as pessoas.

E isso infelizmente ocorre todos os dias por esse Brasil afora.

Brasil onde 25% da população vive abaixo da linha da pobreza e 14 milhões de pessoas chegam mesmo a passar fome.

Diante de tudo isso, não adiantará reforma tributária, trabalhista, sindical, política, isso é atingir apenas o efeito...

A causa, o centro de tudo, a morada da fome, da desigualdade, da ignorância, da violência, é mesmo nosso universo interior.

E mudá-lo requer a tramitação dessa reforma no congresso de nossa consciência.

Por isso, diante de todas as reformas, a mais imperiosa é sem duvida a Reforma Moral.



http://www.orsonpcarrara.rg3.net/ (dezembro 2006)