União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas

COMO COMBATER A OBSESSÃO ( Para Casas Espiritas, doentes, familiares e médiuns) jairocapasso@uol.com.br

 

 

 

 

 

 

 

COMO COMBATER A OBSESSÃO    ( Para Casas Espiritas, doentes, familiares e médiuns)    O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


  O tratamento deve ser sempre feito por UM  GRUPOde médiuns  e  nunca  por  uma pessoa só.
O  Obsediado ou pessoa a ele ligada deve se interessar em procurar os recursospara debelar o mal. NO PROCESSO QUE SEMPRE TEM RAÍZES ESPIRITUAIS é necessário que se procure bem entender o que está ocorrendopara que se tome medidas certas.

 

 

  ONDE PROCURAR TRATAMENTO? – O Centro Espírita ou Centro especializado, como um Sanatório Espírita. Dê preferência que seja um grupo que só faz desobsessão,  como uma especialidade. A reunião precisa ter extremo critério. Preparo moral e doutrinário por parte de todos. “O OBSEDIADO NÃO DEVE ESTAR PRESENTE”,  ficando em casa em preces, leitura ou meditação  auxiliar do trabalho. Convertido o obsessoro obsediado deve ser esclarecido quanto a necessidade de MODIFICAÇÃO de seu padrão de vida,mormente o moral, para não cair em outra obsessão. O obsediado e família devem ser orientados a leitura sadia, moralizante, a frequência de reuniões doutrinárias,  passes,  o Evangelho no Lar e preces.

 

  A IMPORTÂNCIA DE MUDANÇA DO OBSIDIADO. Em Pedro Leopoldo, Chico Xavier tratava de uma jovem obsediada. Obsessores eram retirados e outros voltavam. O Mentor orientou José Xavier que doutrinava os obsessores que deveria também orientar a jovem para melhorar o comportamento e disse: “ Será melhor curar feridas ou espantar moscas?”

 

 

 Imagem relacionada

 

CONVALESCENÇA.

Após o obsessor ser orientado e levado,  O PACIENTE deve passar por tratamento por meses,  pois seu períspirito  foi lesado.  Passes, água fluídica, orações, vibrações.

 

  COMO DEVE SER O LAR ?  É valioso  o apoio da família.   O bom  ambiente  ajuda no tratamento. O ambiente do Lar deve ser orientado a ser de paz, amor, harmonia, tolerância. Exemplos de cooperação entre todos.  Para não entrar no jogo da discórdia do obsessor. Quase sempre os processos obsessivos TÊM RAÍZES PROFUNDAS, as melhoras são vagarosas e relativas  em termos de nosso tempo.Pessoas que querem que tudo seja rápido abandonam o tratamento para procurar outros recursos, com prejuízos para a cura.  Perseverança,  paciência e confiança na bondade Divina são medicamentos poderosos.

 

O REMÉDIO.  Passe, esclarecimento ao obsidiado, sessão  de  desobsessão,  preces,  mudança de mentalidade, família. Na obsessão, não há inocentes, temos que ser humildes e RECONHECER QUE ALGUMA COISA A VÍTIMA TEM DE COMPROMETEDOR.  Ela, a obsessão,  está muito ligada a nossos defeitos, vícios e débitos do passado.

 

Resultado de imagem para as portas abertas

As portas abertas são favoráveis à vinda de obsessores. Imoralidade, vícios, pensamento negativo, raiva, intolerância, descrença, inveja, culpa, desprezo, mágoa, invigilância.  O VIGIAR É TUDO.   Como disse Jesus.   – Como somos imperfeitos temos que ESTAR ATENTOSpara não cairmos em tentação. CASO DE OBSESSÃO NA BIBLIA. Mais 07 obsessores.  (Jesus, Evangelho de  Mateus, cap.12,  vers. 43 a 45). NESTA PASSAGEM,  JESUS  NOS MaSTRA O QUANTO É IMPORTANTE A MODIFICAÇÃO MORAL DO SER APÓS A LIBERTAÇÃO DA OBSESSÃO. Importante lembrar que nem todos os casos de obsessão podem ser resolvidos;  há casos que o obsidiado  tem profundo envolvimento com o obsessor e a obsessão se prolonga para além desta existência.  Muitas obsessões não são percebidas, sintomas: - falta de paciência, irritação, fragilidade emocional, dores mais intolerância, pensamentos impróprios,   cansaço permanente,  ideias suicidas.  Devem  fazer uma avaliação espiritual;  o Centro Espírita pode ajudar. (atendimento fraterno, passes, água fluídica, colocar o nome para vibrações e reuniões mediúnicas). Nunca esquecer a avaliação médica  caso necessário também.  É preciso constatar se é espiritual ou orgânico o problema.