União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas

O Médium e a Fé Reciocinada

 Fé Raciocinada - Clayton Levy 

 " A primeira precaução é armar-se o médium de uma fé sincera, sob a proteção de Deus, pedindo a assistência do seu anjo guardião." O Livro dos Médiuns, cap. 17 – 211 

 Realmente, a faculdade mediúnica independe da fé para expressar-se em fenômenos de toda ordem. A sociedade está repleta de pessoas que, mesmo sem acreditar, atuaram como intermediários da Espiritualidade, confirmando a realidade do intercâmbio. 

Entretanto, para aquele que já se conscientizou das próprias possibilidades psíquicas, e decidiu assumí-las com dedicação e responsabilidade, a fé passa a representar fator imprescindível. 

Uma semente atirada ao solo, embora conserve em sí a possibilidade natural de germinar, nem sempre produzirá a contento, por estar sujeita às intempéries do tempo e às imperfeições do terreno.

Todavia, se recebe adubação adequada, potencializa suas energias, desenvolvendo-se de forma robusta e produtiva.

Em se tratando de mediunidade responsável, ninguém prescinde do adubo da fé fortalecendo o solo da alma.

No intercâmbio com o Além, a fé raciocinada atua como agente indutor predispondo o médium para a liberação das forças psíquicas necessárias ao fenômeno.

Meditemos nisso, e constataremos facilmente a importância da atitude mental no momento do intercâmbio.

Abrir-se para receber;
Receber para transmitir;
Transmitir para auxiliar.

Certamente, não se trata de adotar uma postura mística, incompatível com a seriedade que o ato mediúnico exige. Em Espiritismo, fé não é sinônimo de fanatismo.

A fé a que Allan Kardec se refere é aquela sustentada na base do raciocínio e do estudo, mediante os quais se adquire a convicção racional acerca da imortalidade do espírito e da possibilidade de comunicação entre os dois lados da vida.

Imbuído da fé sincera e de objetivos elevados, o tarefeiro atrairá para sí, de forma natural, a presença de amigos espirituais que o circundarão em suas

atividades, conferindo-lhe segurança e orientação.

Fonte : Mediunidade & Autoconhecimento-