União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas

Qual é a diferença entre prova e expiação?

 



Ensina o Espiritismo que os espíritos não ocupam perpetuamente a mesma categoria e que todos se melhoram passando pelos diferentes graus da hierarquia espírita.

Essa melhora se efetua por meio da encarnação. A vida material é uma prova que lhes cumpre sofrer repetidamente, até que hajam atingido a absoluta perfeição moral.

Provas são, assim, testes, oportunidades de aquisição de experiência, dificuldades que nada têm a ver com equívocos ou erros cometidos no passado. Riqueza, beleza, vida fácil, tanto quanto pobreza, feiúra, vida difícil são provas.

Expiação decorre de faltas cometidas pelo espírito. Segundo a questão 998 de "O Livro dos Espíritos", a expiação se cumpre durante a existência corporal mediante as provas a que o Espírito se acha submetido e, na vida espiritual, pelos sofrimentos morais, inerentes ao estado de inferioridade do Espírito.

Assim é que o mau rico, por expiação, poderá vir a ter de pedir esmola e se verá a braços com todas as privações oriundas da miséria; o orgulhoso, com todas as humilhações; o que abusa de sua autoridade e trata com desprezo e dureza seus subordinados se verá forçado a obedecer a um superior mais ríspido do que ele o foi.

Na questão 262, da obra citada, os imortais informam que Deus jamais apressa a expiação e só a impõe ao Espírito que, pela sua inferioridade ou má-vontade, não se mostra apto a compreender o que lhe seria mais útil, e quando tal existência serve para sua purificação e progresso. 

João Cabral
ADE-SERGIPE.
Aracaju-Sergipe-Brasil
Em: 27.10.2009.
Website: www.ade-sergipe.com.br