União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas

Funções do perispírito na terra e no além

A constituição do homem

A Codificação Kardeciana explica, através do Livro dos Espíritos, questão 135-a, que na estrutura essencial do homem existe um corpo sutilizado, de natureza intermediária entre o Espírito e o corpo.([1]) O homem é, portanto, formado de três partes essenciais: O corpo ou ser natural, análogo ao dos animais e animado pelo mesmo princípio vital; a alma, Espírito encarnado que tem no corpo a sua habitação; o princípio intermediário, ou psicossoma(*), substância sutil que serve de primeiro envoltório no Espírito e liga a alma ao corpo.
O FUNCIONAMENTO DO PERISPIRITO

"O nosso corpo de matéria rarefeita está intimamente regido por sete centros de força, que se conjugam nas ramificações dos plexos e que, vibrando em sintonia uns com os outros, ao influxo do poder diretriz da mente, estabelecem, para nosso uso, um veículo de células elétricas, que podemos definir como sendo um campo eletromagnético, no qual o pensamento vibra em circuito fechado

AS CONSEQUENCIAS DOS NOSSOS DESEQUILIBRIOS

A somatização de problemas emocionais causados por: insegurança, medo, mágoa, ódio, rancor e ciúme, são problemas do Espírito, gerando graves problemas orgânicos

. Por isso, nossos pensamentos negativos geram rupturas orgânicas ocasionando patologias complexas. Os pensamentos agem à maneira dos raios-X e das radiações ultravioletas em doses impróprias. Esses raios mentais criam o estado patológico como a invasão de doenças que se caracterizam como: tuberculose, aids, hanseníase, cardiopatia-chagásica, endocardite bacteriana etc.

O PERISPIRITO AFASTADO DO CORPO FISICO

No desdobramento o perispírito se despreende do corpo como no sono, no transe hipnótico, desmaios, coma, Experiência de Quase Morte etc. Nesse processo o perispírito pode atravessar paredes e outros obstáculos materiais e muitas vezes apresentam fenômenos conhecidos como bilocação, bicorporeidade, exteriorização do duplo ,"aparição". 

A MENTE INFLUINDO NO PERISPIRITO

Os reflexos da mente determinam a densidade das substâncias perispirituais , no ser primitivo, cuja vida moral está começando a aparecer, as partículas são muito pastosas. O perispírito se sutiliza pela sublimação do estado mental que só a prática do bem possibilita. O psicossoma mobiliza bilhões de unidades celulares saturadas da vida mental que lhe é peculiar , em face disso o suicida, o sexólatra, o alcoólatra sofrem os tormentos de suas condições desequilibradas.

A DESENCARNAÇÃO E A APARENCIA DO PERISPIRITO

Quando desencarnamos as linhas morfológicas perispirituais são aquelas que levamos da terra (homem ou mulher). Se idosos poderemos levar muito tempo para remoçarmos. Porém, se possuímos alto grau de inteligência e moralidade, operamos em minutos certas alterações que o espírito de cultura mediana leva alguns anos para conseguir.

NA ESPIRITUALIDADE O PERISPIRITO SOFRE MUDANÇAS 

Nas dimensões espirituais apresentaremos algumas transformações profundas, principalmente no centro gástrico, pela essencialização dos alimentos existentes no além. Há rigor, nos alimentamos muito mais "pela respiração, colhendo o alimento de volume simplesmente como recurso complementar de fornecimento plástico e energético, para o setor das calorias necessárias à massa corpórea e à distribuição dos potenciais de força nos variados departamentos orgânicos."([6]) O Perispírito, em face da sua enorme porosidade, alimenta-se de "produtos sutilizados ou sínteses quimioeletromagnéticas, hauridas no reservatório da Natureza e no intercâmbio de raios vitalizantes e reconstituintes do amor com que os seres se sustentam entre si. Essa alimentação psíquica, por intermédio das projeções magnéticas tr ocadas entre aqueles que se amam, é muito mais importante que o nutricionista do mundo possa imaginar, de vez que, por ela, se origina a ideal euforia orgânica e mental da personalidade." ([7])

A ALIMENTAÇÃO NO MUNDO ESPIRITUAL

Explica André Luiz que o psicossoma "com alguma provisão de substância específica, ou simplesmente sem ela, quando já consiga valer-se apenas da difusão cutânea para refazer seus potenciais energéticos, conta com os processos da assimilação e da desassimilação dos recursos que lhe são peculiares, não prescindindo do trabalho de exsudação dos resíduos.

Jorge Hessen
E-Mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Site: http://meuwebsite.com.br/jorgehessen