União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas

Como livrar-se das doenças da alma - Zíbia Gasparetto


 

 

 

Nossa alma foi criada perfeita, mas ignorante - de forma a ter oportunidade de conquistar a sabedoria por mérito próprio. Aquilo de que precisamos para esta evolução está nas leis cósmicas (perfeitas e eternas) que disciplinam tudo, dentro e fora deste planeta. 

Criadas por Deus, elas não fazem a parte que nos cabe no aprendizado, mas age através de nós, criando situações e desafios que, se aceitos, podem facilitar nosso progresso. 

Tais leis permitem tanto que os mais evoluídos (encarnados e desencarnados) nos inspirem para o bem quanto que os mais atrasados tentem nos arrastar para o mal. 

Vai de cada um de nós utilizar o livre-arbítrio, colhendo o resultado das próprias escolhas, tornando-nos responsáveis por tudo quanto nos acontece. 

Assim, somos responsáveis pelas nossas doenças (entre elas, a depressão). 

Elas são resultado de crenças nossas que distorcem a realidade. Para tomar o caminho da recuperação da saúde e do equilíbrio emocional, só precisamos entender que os desafios ocorrem para nos fazer progredir, trazendo-nos lições que precisamos aprender. 

Ao magoar-se por qualquer coisa ou revoltar-se quando a vida não atende aos seus desejos, você está se julgando incapaz; não está atentando para o imenso potencial que carrega dentro de si. 

E AO JULGAR-SE VÍTIMA, culpa os outros por seus problemas, provocando disfunções em seu sistema imunológico, criando ambiente favorável à depressão, às doenças e à infelicidade. 

Só que a alma gosta de alegria, bondade e bem-estar. Por isso, quando entra nesse clima emocional perturbado, parte dela se afasta, deixando um vazio que você sente, mas não consegue definir. 


A depressão se acentua e não há mais prazer em nada - nem mesmo em comer o que gostava! 

A procura de terapia ou de ajuda espiritual ameniza o problema, MAS A CURA DEFINITIVA DEPENDE EXCLUSIVAMENTE DE VOCÊ. 

E acredite: - não é tão difícil quanto supõe. Basta ligar-se com sua alma. 

Procure sentir seu CORAÇÃO E TER UMA ATITUDE DE ACEITAÇÃO COM AQUILO QUE NÃO PODE MUDAR. 

Eleve o foco dos seus pensamentos optando pelo otimismo, procurando enxergar todas as coisas boas que possui. 

Cuidar da sua vocação, ocupando-se com algum trabalho que lhe dê prazer, também ajuda bastante.

Quando alguém morre, leva consigo toda a bagagem emocional que criou durante a vida na Terra. 


Suas crenças, suas ilusões, suas mágoas e, conforme o caso, suas doenças. 

A crença de que ficar durante muito tempo em uma UTI antes de morrer "depura" o espírito é mera ilusão. 

A alma guarda as impressões do sofrimento e precisa ser tratada em um hospital do astral para livrar-se das energias que acumulou. 

Cultivar o ódio, a vingança e a agressividade pode lesar partes do corpo astral (aquele que sobrevive à morte). 

Assim, o espírito sofre os males relativos a tais lesões - mesmo vivendo fora da Terra. 

Nesses casos, só a reencarnação em um corpo novo poderá eliminar a disfunção. 

Como o corpo astral é o organizador biológico do novo corpo de carne em formação,

SUA DISFUNÇÃO IMPEDE QUE ELE GERE UM CORPO FÍSICO PERFEITO, OCASIONANDO PROBLEMAS NO RECÉM-NASCIDO. 

Portanto, cultivar a alegria, a bondade e dominar os pensamentos ruins traz bem-estar, felicidade e saúde. 

E o melhor de tudo isso é que o poder está em suas mãos. Só você pode tornar sua vida melhor. Não acha que vale a pena?