União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas

Dra. Marlene Nobre fala sobre saúde

Dra. Marlene Nobre fala sobre saúdeDra. Marlene Nobre é médica ginecologista e Presidente da Associação médico-Espírita do Brasil e internacional.

1) Como podemos entender o conceito de saúde?

R: Segundo Emmanuel, "Saúde é a perfeita harmonia da alma". Assim, o
conceito de saúde evolui com o próprio homem. À medida que a alma progride do ponto de vista moral, vai se tornando cada vez mais saudável. 

2) Qual seria o desafio profissional da medicina hoje, levando em conta a questão da espiritualidade?

R: O maior desafio, hoje, seria levar em consideração e respeitar a

Espiritualidade do doente, seja ela qual for, aproveitando-a em benefício da cura e do bem-estar do próprio paciente. E também a própria contribuição da espiritualidade do profissional para facear os assuntos bioéticos e favorecer a humanização da medicina.

3) Como a senhora vê a questão da ciência e da espiritualidade hoje?

O paradigma materialista vigente na ciência há mais de três séculos tem seus dogmas muito difíceis de serem vencidos, mas aos poucos as vitórias vão sendo alcançadas. Nos EUA, dois terços das universidades tem cursos normais ou optativos de Medicina e Espiritualidade. Por lá, já existem mais de 40 mil pesquisas científicas sobre prece e curas espirituais, além de investigações muito importantes na área da reencarnação. Nossa visão é otimista quanto ao futuro.

4) Como a senhora interpreta a frase de Jesus: "A tua fé te curou"? E a oração? Ela cura?

R: Como deixo claro no meu livro "O Passe como Cura Magnética", Jesus com esta frase diz claramente que a cura está ligada a cada criatura humana. Na verdade, a cura é uma autocura. Sem dúvida, a oração cura. Existem hoje milhares de pesquisas científicas comprovando a eficácia da prece.

5) E os passes e a água fluidificada?

Igualmente, ambos são procedimentos da Terapêutica Complementar Espírita e são muito importantes no restabelecimento da saúde e prevenção das doenças.

6) O tratamento de desobsessão também cura?

Sim, sem dúvida. No meu livro "A Obsessão e Suas Máscaras" dou dados muito concretos a esse respeito.

7) Como a AME vê a questão das terapias alternativas dentro do centro espírita? (tal como o Reike, a Cromoterapia, a Massoterapia, Arteterapia, entre outras).

R: Todo tratamento no Centro Espírita tem de ser gratuito. Consideramos o de Passes e o de Água Fluidificada, quer dizer, o de Fluidoterapia o mais indicado para as nossas Casas Espíritas. Os citados na pergunta estão mais ligados a institutos de tratamento energéticos que não representam a atividade de uma casa espírita, propriamente considerada.

8) Quais seriam as suas dicas de "saúde" para os jovens?

R: Felizmente, hoje, as regras de saúde do corpo têm sido muito difundidas pelos meios de comunicação. Para viver mais e ter uma vida saudável já se sabe que é preciso exercitar o corpo físico, comer o suficiente para viver, dar preferência a alimentos não gordurosas, com menos teor de açúcar, evitar álcool e droga, etc, etc.

O paradigma médico-espírita endossa todas as recomendações da Medicina do corpo para uma vida saudável, mas principalmente ensina a não viver uma existência perigosa do ponto de vista espiritual. Viver perigosamente é guardar ódio, raiva, ou rancor no coração, dar vazão à cólera, e aos sentimentos negativos que levam à obsessão e à morte prematura, aos desequilíbrios do perispírito. Evitar o complexo de culpa que se origina do não cumprimento do dever no seu mais amplo sentido, individual e coletivo.

Entrevista concedida ao Boletim FALA MEU
Fonte: http://www.amebrasil.org.br