União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas
Calendário Espírita USE Piracicaba
1
Ter
2
Qua
3
Qui
4
Sex
5
Sáb
6
Dom
7
Seg
8
Ter
9
Qua
10
Qui
11
Sex
12
Sáb
13
Dom
14
Seg
15
Ter
16
Qua
17
Qui
18
Sex
19
Sáb
20
Dom
21
Seg
22
Ter
23
Qua
24
Qui
25
Sex
26
Sáb
27
Dom
28
Seg
29
Ter
30
Qua
31
Qui

A Humanização do Centro Espírita ( 37 sugestões)

A Humanização do Centro Espírita ( 37 SUGESTÕES)
A Humanização do Centro Espírita ( 37 SUGESTÕES)
A Humanização do Centro Espírita ( 37 SUGESTÕES)
A Humanização do Centro Espírita ( 37 SUGESTÕES)
A Humanização do Centro Espírita ( 37 SUGESTÕES)

Notícias Caminhos de Luz >>

 

Tv Da Federação Espírita Brasileira

Leia O Evangelho segundo o Espiritismo

Mensagens >>

          Amparo Recíproco Reforma íntima: duas palavras que enfeixam numerosos apelos à sublimação espiritual. Não te (...)

Pensamentos >>

   “O ponto mais alto da bondade não está no alto, fica  no coração”  (Jairo Capasso)                               (...)

O Arauto >>

Página 7 - Mocidade- Recado De André Luiz  Á Mocidade

Poesias >>

Auta de Souza Derrama o coração pelo caminho Tange a lira (...)

Oh! Meu grande e bom Pai das alturas,Fazei-me melhor o (...)

Casimiro Cunha Espírito reencarnando No corpo que te contém, Ante as (...)

                                   

A felicidade

O Centro Espírita Caldas da Rainha, em Portugal, em 14
dezembro 2007, fez uma dia de estudos sobre A FELICIDADE, e
recebeu da espiritualidade um poema sobre o tema. (Enviado por
uma leitora do Jornal O Arauto em Portugal)

A FELICIDADE

Felicidade é no mundo
Conceito desconhecido
O que é felicidade
Neste planeta sofrido?

Para uns é saúde
Para outros, ter paz
Mas, para muitos
Tanto lhes faz…

Uns almejam dinheiro
Outros, boa vida
E não cogitam
Da alma sofrida

Alguns procuram-na
Nos prazeres carnais
Desgastando-se em vão
Em coisas banais

“Felicidade é casar
Ter carro, casa, filhos
É ir de férias
Sem ter problemas”

Outros irmãos
Têm idéia diferente
Felicidade é apenas
Ter uma sopa quente

Seres humanos
Não têm calçado
A fome e a miséria
São constante aliado

Tanto sofrimento
Por esse mundo afora
Vem tisnar
A “felicidade” de agora

Assim concluímos
Que Felicidade é diferente
É estado de alma
Do rico ou do doente

Já é feliz
Quem entende a Vida
Sabendo-se imortal
Nesta breve “corrida”

Não busques a felicidade
No mundo exterior
Busca esse objetivo
Na prática do Amor

Como pensares
Serás feliz ou não
Fica pois, atento
Ao que pensas então.

(Poeta alegre)