União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas

Maternidade e Aborto

Mulheres, filhas de Deus,
São todas irmãs da gente;
No entanto, ao fazer-se mãe,
A mulher é diferente.
(Gil amora)

Aqueles que estão nascendo ou que vão nascer são nossos próprios irmãos, porque todos somos parcelas da Humanidade, a Família de Deus. 
(Maria Máximo)

Filho que nasça no mundo
Será sempre, onde vier,
Uma esperança de Deus,
No coração da mulher.
(Marcelo Gama)

Um filho, por mais trabalho que reclame, é sempre uma bênção da vida.
(Anália Franco)

Envolto em luz doce e branda,
O berço é um recanto em flor,
Guardando alguém que o céu manda
Para a oficina do amor.
(Auta de Souza)

O aborto, em muitos casos, está na raiz de grande número das moléstias de etiologia obscura que arrasam o corpo feminino.
(André Luiz)

Mãe de filho que se aflora
No máximo desconforto,
Humilha-te, sofre e chora,
Mas não pratiques o aborto.
(Mariana Luz)

É possível hajas praticado o aborto sem conhecer-lhe as conseqüências. Se acordastes para a responsabilidade, quanto a isso esforça-te para transformar o próprio arrependimento em socorro às crianças infelizes.
(Antônio Xavier e Oliveira)

Em verdade dura e clara,
Sob lógica segura,
Aborto é um tapa na cara
Do filho que te procura.
(Leandro Gomes de Barros)

Se Deus te concedes um filho é porque em tua capacidade de amá-la e protegê-lo.
(Clélia Rocha)

Se no aborto te endividas
Usa pílula e zelos,
Deixa as crianças queridas
Para as mães que saibam te-las.
(Jair Presente)

Como deixar um filho sem benefício da corrigenda, se te esmeras tanto em educar as plantas do teu jardim?
(Batuíra)

Escuta, irmã... Se recusas
O amor dos filhinhos teus,
Usa as pílulas confusas
E segue a vida com Deus.
(Augusto Cézar)

A família, seja ela qual for, é um instituto de aprimoramento espiritual.
(Felipe Purita)

Mãe, exulta de alegria
Teu filhinho nascituro
É benção que o céu te envia
Para guardar-te o futuro.
(Oscar Batista)

Não há diferença entre arrancar a vida de uma criança na rua ou arranca-la no ventre materno.
(Amália Ferreira)

Mãe no aborto obrigatório,
Não digas que a vida é má.
Não chores. Deus não te esquece.
Teu filhinho voltará.
(Meimei)

O aborto calculado, bastas vezes, é a entrada infeliz da mulher nas tramas da obsessão.
(Hilário Silva)

Mãe que asseguras o lar
Com tuas benfazejas,
O céu te aponta, cantando:
- Sê feliz!... Bendita sejas!...
(Múcio Teixeira)

Se perdeste esse ou aquele filhinho no aborto involuntário, não te incrimines, nem te lastimes. Muitos espíritos, por força de circunstância criadas por eles mesmos, chegam até a limiar da reencarnação, necessitando voltar à Espiritualidade a fim de se preparem com mais segurança para usufruirem, com êxito, a concessão de nova existência no mundo.
(Meimei)

Não menospreze o ensejo de criar uma epopéia de amor em torno de teu nome. A dor é uma luz no apoio da evolução.
Não te afirmes incapaz, nem te digas inútil, auxilie como puderes.

Autor: Diversos
Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Praça da Amizade.