União das Sociedades Espíritas
Intermunicipal de Piracicaba

Pesquisa por Casas Espíritas Afiliadas

CENTRO ESPÍRITA - Catarina Ângela

 

A Casa Espírita auxilia o despertar das almas visando sua transformação moral para uma vida mais consciente e feliz. A  Doutrina que divulga e exerce em suas sedes é o Consolador prometido pelo Cristo, que haveria de recordar seus ensinos distorcidos por interesses outros que não os veiculados pelo Cristianismo e complementá-los com a atualização  exigida pela evolução do espírito humano.

            Nela, desfruta-se, em todas as fases da existência, de recursos e meios altamente qualificados, por fundamentados na fé raciocinada preconizada pelo Espiritismo em seu tríplice aspecto: Ciência, Filosofia e Religião.

            Para tanto, a Casa Espírita conta com recursos variados e eficientes a fim de  culminar seus objetivos, como escolas de Evangelho e Espiritismo para jovens e crianças, Palestras instrutivas e evangelizadoras, Grupos de Estudos Doutrinários, Assistência e Orientação Espiritual, ajuda à saúde do corpo e harmonização da alma, como: Passes, Água Fluidificada, Reuniões Mediúnicas sanando obsessões e desequilíbrios, sem esquecer das necessidades materiais na Assistência Social que desenvolve. E muitos outros, ajustando-se ao seu meio e às necessidades que o espírito cristão vai descobrindo e  busca atender.

            Também, sempre que possível, a Casa Espírita disponibiliza, através de uma biblioteca, os livros que representam o veículo, por excelência, dos elevados conceitos morais e espirituais da farta literatura espírita trazida por inteligências encarnadas ou desencarnadas aos nossos estudos, lembrando que Allan Kardec enfatizou a necessidade de levar as pessoas a pensar e a  refletir na busca da fé  consciente e segura da razão.

            Podemos afirmar que o Centro Espírita é a escola em que a alma deve trabalhar, continuadamente, seus potenciais espirituais, favorecendo-lhe  reajuste e crescimento na direção segura de seu amplo desenvolvimento...  Mas, cabe a cada um fazer a sua parte para o atingimento desse objetivo, pois, é a doutrina da Liberdade com Responsabilidade em que se reconhece o verdadeiro espírita,  nas palavras esclarecidas do Codificador, "pela sua transformação moral e o esforço por erradicar da alma suas imperfeições morais".

            Não podemos esquecer que é uma das instituições que educam e, como grupo social com objetivos tão bem definidos,  deve favorecer aos frequentadores, um ambiente tal que vise  o fortalecimento dos ideais cristãos na convivência fraternal e amiga, em que o auxílio mútuo surja espontâneo e contínuo.

            Como vemos, a Casa Espírita é uma escola para qualquer idade e é difícil de se conceber o espírita que não a frequente com regularidade, desfrutando de todos esses  recursos, mas também, disponibilizando parte de seu tempo em trabalhos para os quais esteja habilitado dentro das necessidades que ela apresenta e principalmente para a troca tão importante de vibrações fraternais na comunhão de idéias e sentimentos.

            Lembrando que "O amor é o alimento das almas" (André Luiz em Nosso Lar) o Centro Espírita deve ser o prolongamento do lar onde a família espírita se reúne em nome de Jesus para estudar e aprender, trabalhar e progredir transformando-o, na comunidade em que está inserido, em núcleo irradiante de Paz e Luz que se refletirá na atmosfera espiritual  das criaturas.

            A esse respeito, os  versos singelos, pinçados da poesia Confraternização (Casemiro Cunha / Chico Xavier), traduzem a convivência fraternal que deve prevalecer em nossa Casa Espírita:

                       

           
 

Aquele que busca irmãos,
No entendimento em Jesus,
Conservará, sempre aceso,
O dom da divina luz!

 
 

Evita o próprio destaque,
Mas considera contente,
O valor de cada esforço,
No esforço de toda gente!

 
 

Não se limita a ensinar,
Exemplifica e executa
E encontra por toda parte,
Irmãos de esperança e luta!